Microfranquias – Perfil no Brasil

Microfranquias – Perfil no Brasil

Em pesquisa recente inédita, a Associação Brasileira de Franchising – ABF – revela que cerca de 1/3 das redes de franquias, que não possuem o modelo de microfranquia pretendem adotá-lo, uma vez que eles são importantes às adaptações de oscilações e oportunidades de mercado, por exemplo. Afinal o modelo da microfranquia implica em racionalizações e reduções de custos que contribuem para a eficiência da rede.
O atual presidente da ABF, Altino Cristofoletti Junior, afirmou que “as microfranquias vêm amadurecendo e aprofundando sua presença e atuação no Brasil. Muitos players atuam ou pretendem atuar neste formato, que tem tido um papel importante para facilitar o acesso de muitos empreendedores ao sistema de franchising, de um lado, e propiciar o alcance das marcas a novas regiões e consumidores, de outro. De qualquer forma, é importante ressaltar que a essência do franchising, da relação franqueador-franqueado, é a mesma dos demais formatos, assim como as obrigações e os deveres, regulamentados pela Lei do Franchising”.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *